sábado, 8 de novembro de 2014

Alteração de editor padrão no ambiente Linux

Alguns dos mais utilizados editores utilizados no ambiente Linux são:
O vi é um editor de texto do sistema operacional Unix e semelhantes. O programa foi criado por Bill Joy em 1976 para o BSD. O nome é uma forma abreviada para visual, um comando do editor de texto ex que o faz oferecer recursos parecidos com os do vi.
Em 1991, foi lançado o editor Vim, uma derivação melhorada do vi (o nome Vim é abreviação para Vi IMproved, ou Vi Melhorado). Ele está presente em quase todas as distribuições Linux, oferecendo mais recursos.
Pico (Pine compositor) é um editor de texto para Unix e sistemas de computador baseados em Unix. É integrado com o cliente de e -mail Pine, que foi projetado pelo principal executivo Aboli Kasar da Universidade de Washington.
É um editor de texto para Unix e sistemas de computação ou ambientes operacionais usando uma interface de linha de comando. Ele emula o editor de texto Pico, parte do cliente de e-mail Pine, e também fornece funcionalidades adicionais. Em contraste com Pico, nano está licenciado sob a GNU General Public License (GPL). Lançado como software livre por Chris Allegretta em 1999, hoje nano é parte do Projeto GNU.
O editor "mcedit" é um link para o "mc" (midnight commander), o executável principal do GNU Midnight Commander. Executar o GNU Midnight Commander através deste nome faz iniciar o editor interno e abrir o arquivo especificado na linha de comando. Este editor pode editar arquivos até 64 megabytes, bem como editar arquivos binários.
Editor oficial de texto plano para o GNOME. Ele assemelha-se, a princípio, com o bloco de notas do Windows, mas observando os detalhes pode-se notar que possui mais recursos. Como por exemplo:
  • Numeração de linhas
  • Identação automática (a habilidade do editor de reconhecer estruturas de controle em seu código, e aplicar automaticamente a identação apropriada quando você começa uma linha nova)
  • Destacador de Sintaxe (Para Linguagens de Programação)
  • Verificação ortográfica
Por uma questão pessoal, muitas vezes precisamos mudar o editor padrão de nosso ambiente. Nesse caso, deve ser feito:
# update-alternatives --config editor
Seleção  Caminho                 Prioridade     Estado
--------------------------------------------------------------------------
* 0         /bin/nano                  40                  modo automático
  1          /bin/nano                  40                  modo manual
  2          /usr/bin/vim.basic   30                  modo manual
  3          /usr/bin/vim.tiny     10                  modo manual

No caso acima, existem 3 escolhas para a alternativa editor (disponibiliza /usr/bin/editor). Pressione ENTER para manter a escolha atual[*], ou digite o número da seleção: 2
Agora é só  editar os seus documentos!

Copyright © Falber Teles